ARTIGOS

Contabilidade no equilíbrio do negócio

A Contabilidade é sim a Ciência da Riqueza!!!
quinta, 05 de setembro de 2019

A contabilidade desde sua origem, registra e controla Patrimônios e Riquezas. Para obter patrimônio as pessoas economizam, outras empreendem, algumas investem no mercado de capitais, etc. O Patrimônio se apresenta de várias maneiras, dentre elas: Saldo em caixa, Saldo em conta corrente, saldo em aplicações financeiras, ações, bens imóveis, bens móveis, propriedades intelectuais, a marca do seu negócio, dentre tantos outros exemplos existentes. Sendo assim, ter Patrimônio é considerado pela contabilidade, algo bom.

No meio empresarial para se obter patrimônio, inicialmente faz-se necessário obter lucros. Ocorre que para obter lucros muitas vezes o empresário dirige seu negócio no limite da linha do erro, sempre procurando acertar, porém, com ações errôneas que certamente comprometem a geração do lucro. Gerar lucro não é gerar dinheiro imediato. Como assim? Para gerar dinheiro podemos fazer um empréstimo, um capital de giro, para gerar dinheiro podemos vender nossos produtos abaixo do preço de custo, ou acima do preço de custo mas sem considerar nossas despesas, vender imobilizado, ou até seguindo o ritmo do mercado. Dinheiro se gera de várias maneiras, logo o fato de se ter dinheiro num determinado momento não significa que seu negócio está obtendo Lucros.

A Contabilidade utiliza-se da Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) para obter o lucro auferido por uma determinada empresa, onde, com suas técnicas é possível detectar se o lucro é o suficiente para o negócio em ação, pois muitas vezes o fato de se ter lucros, não significa ser um bom negócio.

Analisar a saúde do lucro é fator fundamental para a prosperidade do negócio. Sim, o lucro pode não ser saudável. Ocorre que atingindo lucros que não são saudáveis as empresas comprometem-se com resultados errôneos, investindo de maneira errada, investindo demais, ou distribuindo lucros em excesso para os donos da empresa.

Sendo assim atuar no mercado com os pés no chão, sabendo os resultados da DRE é fundamental, porém não o suficiente. Ter a DRE, claro que é um requisito básico da boa gestão, agora praticar técnicas de análises da DRE podem te apresentar informações importantes no processo de tomada de decisões.

Uma das técnicas utilizadas na análise da DRE é o cálculo do Ponto de Equilíbrio. O Ponto de Equilíbrio demonstra para o empresário se sua gestão está no caminho certo, isso mesmo, demonstra se a gestão está no caminho certo, porém somente com ele não se pode afirmar que tudo corre de maneira adequada, pois para isso, são necessárias as demais técnicas da contabilidade.

O que diz o Ponto de Equilíbrio? O Ponto de Equilíbrio demonstra os níveis mínimos de vendas que uma empresa precisa auferir para que o negócio seja viável. Com a obtenção do valor do Ponto de Equilíbrio, conseguimos além de definir a viabilidade do negócio, estabelecer Metas e Objetivos Estratégicos, que são fundamentais para a obtenção do LUCRO.

O Objetivo de uma empresa é sim OBTER LUCRO! Porém, o lucro precisa ser saudável e em níveis suficientes para o Retorno dos Investimentos efetuados, e a contabilidade possibilita tudo isso para o administrador.

Logo, muito difícil uma empresa ter equilíbrio sem controles contábeis adequados.

Fonte: Joarês Tártari
 
Facebook Twitter Google Plus WhatsApp

Escritório de Contabilidade Gerencial.
Contabilidade com responsabilidade e ética.

Qualidade dos serviços prestados aliada ao compromisso com o sucesso dos clientes! Esta é a Equipe Gerencial!

2021 - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Grupo Mar Virtual